fbpx
Contato
Rua Tabapuã, 1123, CJ. 82
Itaim, São Paulo – SP
nutricionista@laismurta.ntr.br
11 3078-3882
11 99680-8089
Siga nas Redes

Alimentos que auxiliam na eliminação de metais tóxicos

Já falamos aqui sobre o impactos negativos da contaminação por metais tóxicos para a nossa saúde. Mas existem formas de auxiliar nosso organismo a lidar com isso, através do estímulo dos processos de detoxificação (ou detox). E para isso, alguns alimentos são muito importantes.

Existem algumas algas, como é o caso da clorella que se ligam a metais pesados, contribuindo para a destoxificação do organismo e auxiliam na melhora da imunidade.

O arsênico, que é associado a um maior risco de doenças neurológicas e diabetes, pode ser desintoxicado do corpo usando as propriedades benéficas da spirulina, de acordo com um estudo da Índia, onde o fornecimento local de água apresentou altos níveis de arsênico. A spirulina pode ajudar a desintoxicar o corpo de metais pesados.

Assim como a clorella, a spirulina é uma alga, sendo muito rica em nutriente. Uma publicação de 2020 reforça que a spirulina contém picocianobilina que melhora a imunidade para que o corpo possa reagir melhor contra gripes e até contra a infecção contra o coronavírus.

Contudo, as algas podem produzir uma toxina denominada microcistina. Os polifenóis do chá verde e o sulforafano das brássicas (repolho, couve, brócolis) protegem o corpo contra a microcistina. Contudo, não se recomenda consumo alto de algas e suplementos de algas para gestantes e lactantes já que não se conhece o efeito da toxina no desenvolvimento do feto e crianças. A compra de suplementos também deve ser cuidadosa.

Outros alimentos também auxiliam na eliminação de metais tóxicos e que são facilmente encontrados na nossa dieta habitual, tais como a salsinha, a couve, o coentro, já que auxiliam na melhora imunidade e contribuem no processo de detox.

Instagram