fbpx
Contato
Rua Tabapuã, 1123, CJ. 82
Itaim, São Paulo – SP
nutricionista@laismurta.ntr.br
11 3078-3882
11 99680-8089
Siga nas Redes

Anorexia Nervosa – Qual o limite entre um corpo magro e uma séria doença?

Vivemos na pele a pressão estética do corpo magro, da barriga “zero”, e esse padrão não está presente apenas nas passarelas e propagandas, hoje também está aqui, no feed do Instagram. Isso pode despertar inseguranças, induzir a comparação e preocupação excessiva com o emagrecimento, que muitas vezes é realizado sem levar a saúde em conta. Esses fatores podem contribuir para o aparecimento de distúrbios alimentares graves, como a anorexia nervosa.

Está condição está comumente associada às adolescentes e jovens, mas pode acometer qualquer gênero ou faixa etária. É importante saber que a anorexia se caracteriza por uma distorção de imagem: mesmo que a pessoa esteja magra, e até abaixo do peso adequado, no espelho ela ainda se vê acima do peso. Essa obsessão envolve dietas radicais, jejum prolongado, diuréticos, laxantes e realização de treinos excessivos.

Alguns fatores psicológicos concomitantes são ansiedade, depressão e TOC.
E como resultado do emagrecimento excessivo, e na maioria dos casos rápido, temos a má nutrição, perda de massa muscular, ausência da menstruação, fadiga, tontura, dor estomacal, e complicações como osteoporose, ataques cardíacos, anemia, insuficiência respiratória e hipotermia. Muitos infelizmente não conseguem buscar ajuda, a mortalidade é alta e atinge 20% dos pacientes,

Portanto, caso você tenha notado que alguém próximo demonstra preocupação excessiva com peso e calorias dos alimentos, emagreceu rápido, faz uso de roupas largas e apresenta comportamento antissocial, compartilhe esse conteúdo e seu apoio: mostre que ela (e) não está sozinho e que há tratamento! Ele é multidisciplinar realizado com médico, psicólogo e nutricionista, e pode salvar vidas.

Instagram