O impacto dos agrotóxicos na saúde do fígado

Os impactos negativos que os agrotóxicos causam em nossa saúde são incontáveis, e assim como mostram algumas pesquisas recentes, o fígado também pode sofrer efeitos deletérios. Um estudo publicado na revista científica Ecotoxicol Environ Safety analisou células de animais que foram expostas ao malation (pesticida utilizado para redução de pragas na agricultura), e comprovou hepatotoxicidade com alterações histológicas – inclusive necrose do fígado. Com base nos resultados, os autores contraindicaram seu uso em larga escala.

Uma outra pesquisa, feita em modelo celular humano observou que certos compostos, como o glifosato (amplamente utilizado nas plantações de soja), conferem efeito tóxico aos tecidos hepáticos e do coração. Já um estudo, publicado esse ano, que analisou hepatócitos, concluiu que o risco de esteatose hepática (uma doença caracterizada pelo acúmulo de gordura no fígado) pode ser aumentado com a exposição aos agrotóxicos.

Portanto, invista em uma alimentação rica em compostos bioativos e antioxidantes capazes de minimizar os efeitos negativos que essas substâncias acarretam em nossa saúde. Aumentar o consumo de frutas, verduras e legumes orgânicos também é fundamental, pois diminui a exposição aos agrotóxicos. Converse com seu nutricionista a respeito!