Glutamina é fonte de energia

A glutamina é um aminoácido classificado como semi-essencial, produzido por células do cérebro e pulmões e participante de funções vitais para o funcionamento adequado do sistema respiratório, coração, rins, fígado e intestino, além de agir como fonte de energia para o sistema imune e participar do crescimento muscular por meio do estímulo à síntese de proteínas.

Para praticantes de atividades físicas de alta intensidade, especialmente musculação diária, a glutamina auxilia na recuperação pós-treinos, evitando o catabolismo, ou seja, a degradação de proteína muscular para fornecer energia ao organismo. Em pequena dose de suplementação consumida por via oral – cerca de 2 gramas –, o aminoácido também pode elevar o a produção de hormônio do crescimento.

A suplementação de glutamina deve ser indicada pelo nutricionista e costuma ser na forma de dosagem em torno de 5 a 20 gramas por dia, em geral no pós-treino e também antes de dormir. O uso por indivíduos diabéticos deve ser controlado por um médico, uma vez que estudos mostraram que pessoas com essa condição metabolizam a glutamina de maneira anormal.