Excesso de antioxidantes e os prejuízos para a hipertrofia

A importância dos antioxidantes no funcionamento do nosso organismo é inquestionável: são responsáveis  pela eliminação do excesso de radicais livres que causam o envelhecimento celular e que estão associados a uma série de distúrbios metabólicos. No entanto, hoje sabemos que a prática de exercício físico de alta intensidade aumenta a produção de radicais livres que podem levar a lesão muscular, comprometendo o desempenho do atleta.

A ação dos radicais livres pode ser amenizada por meio da ingestão de alimentos com propriedades antioxidantes. Mas, muito cuidado, pois o consumo exagerado de antioxidantes pode ter o efeito oposto e prejudicar o rendimento do treino. Alguns estudos mostraram que os radicais livres, em pequenas quantidades, agem em diferentes vias metabólicas que contribuem para o aumento de massa muscular. Sendo assim, reduzir excessivamente os radicais livres através do consumo exacerbado de antioxidantes pode dificultar o ganho de massa magra.

O segredo para atingir seus objetivos de maneira saudável está no equilíbrio e os excessos são sempre prejudiciais. Para não colocar sua saúde em risco e também seu desempenho, procure a orientação de um nutricionista especializado!